Açoriano Oriental
Autarquia e oposição debatem orçamento
A Câmara Municipal de Ponta Delgada promoveu, quinta-feira, uma reunião com os partidos da oposição para estudar, previamente, o plano de orçamento que vai ser apresentado.
article.title

Foto: Eduardo Resendes/Arquivo AO
Autor: Luís Pedro Silva

José Manuel Bolieiro apresentou um orçamento de 43 milhões de euros, sendo que foram atribuídos, 25% para a coesão territorial,  24 % para as funções sociais, 23% para o ambiente, 22% funções gerais e 6% para o serviço da dívida.

O presidente da autarquia pretende “combater o desperdício de despesa nas funções gerais para promover a economia”.

Sonia Nicolau, representante do PS de Ponta Delgada, dúvida de um aumento de 56% das verbas para as juntas de freguesia no próximo, porque “este ano ficaram por transferir 250 mil euros que estavam estimados”. A representante do PS também defendeu uma redução da taxa do IMI para ajudar as famílias. Neste aspeto, José Manuel Bolieiro garante que não irá aumentar o IMI e vai reduzir a taxa de derrama das empresas.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.