Açoriano Oriental
Aung San Suu Kyi está pronta a ser Presidente da Birmânia se o povo o desejar
A líder da oposição na Birmânia, Aung San Suu Kyi, declarou-se pronta a ser Presidente se o povo o desejar, adiantando que o seu partido quer alterar a Constituição para o permitir.
article.title

Foto: EPA/LYNN BO BO
Autor: Lusa/AO online

“Sou líder de um partido político. Como líder de um partido político, tenho de ter a coragem de ser Presidente. Se for essa a vontade do povo, fá-lo-ei”, disse Suu Kyi numa conferência de imprensa.

A opositora lidera a Liga Nacional para a Democracia (LND). As próximas eleições na Birmânia estão previstas para 2015.

A opositora disse que uma cláusula na Constituição birmanesa, que a impede de aceder à presidência, é uma das que o seu partido quer ver alteradas.

Aung San Suu Kyi regressou na semana passada de uma visita de 17 dias aos Estados Unidos, onde foi recebida como uma heroína da democracia.

O Presidente reformista birmanês, Thein Sein, também visitou os Estados Unidos no mês passado. Numa entrevista à BBC durante a viagem, o antigo general disse aceitar a ideia de Suu Kyi assumir o seu cargo.

“Se ela se torna líder da nação, depende da vontade do povo. Se o povo a aceita, então eu tenho de a aceitar”, referiu Thein Sein.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.