Açoriano Oriental
Atleta do Santa Clara ilibada de racismo

Em causa um desentendimento entre Sara Almeida, atleta do Santa Clara, e uma jogadora da Sociedade Musical 3 de Agosto

article.title

Foto: José Araújo
Autor: Nuno Martins Neves

A denúncia partiu do delegado da equipa de Lisboa ao jogo da primeira eliminatória da Taça de Portugal feminina, realizado no pavilhão da Ribeira Grande a 19 de outubro do ano passado. Além da informação à equipa de arbitragem, foi apresentada queixa aos dois agentes da Polícia que estiveram de serviço ao jogo, sendo Sara Almeida identificada e notificada por racismo. 


Ler mais na edição desta quinta-feira, 27 fevereiro 2020, do jornal Açoriano Oriental


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.