Política

ANAFRE contra extinção de freguesias


 

Lusa/AO online   Nacional   30 de Set de 2011, 18:05

A Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE) admitiu a extinção ou agregação de freguesias desde que por decisão das próprias autarquias, mas salientou que concorda com o reforço das competências e de meios financeiros para as Juntas.
O conselho directivo da ANAFRE reuniu hoje extraordinariamente, durante a manhã, para analisar o “Documento Verde da Reforma da Administração Local”, apresentado na segunda-feira pelo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho.

Depois da análise ao documento, a ANAFRE reitera num breve comunicado que “não defende a extinção ou agregação de nenhuma das freguesias a não ser que, por sua iniciativa, seja manifestada essa vontade”.

Por outro lado, a associação que representa as freguesias afirma que “concorda com o reforço das competências e dos meios financeiros para as Freguesias”.

A associação realça que é segundo estes pressupostos que “a ANAFRE vai participar na discussão do “Documento Verde da Reforma da Administração Local”, fornecendo contributos para a sua clarificação e objectividade, na defesa do interesse das Freguesias”.

O Documento Verde da Administração Local divulgado na segunda-feira impõe "a redução significativa" do número de freguesias, “dando-lhe escala, dimensão e novas competências, e apostando nas políticas de proximidade”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.