Açoriano Oriental
Escola
Escola de Formação Turística e Hoteleira

Parlamento dos Jovens debate Violência Doméstica e no Namoro


Euroscola

 

A decorrer na cidade da Horta, Ilha do Faial, o Parlamento dos Jovens 2020 conta com uma delegação de quatro alunos da EFTH, entre um total de centena e meia de alunos oriundos de todas as ilhas dos Açores.

A participação da EFTH no Parlamento dos Jovens 2020 desdobrou-se pela participação  no Concurso Euroscola e pelo Debate sobre a Violência Doméstica e no Namoro.

Os nossos formandos Luís Costa e Rui Oliveira do Curso de Técnico de Restaurante/Bar do 1º Ano apresentaram no dia 9 o seu trabalho de reflexão sobre Valores Europeus: Também são os Teus!, defendendo a criação de um Exército Europeu e abordando a questão da proteção das nossas fronteiras. Cerca de sete escolas participaram no concurso.

No dia 10, terça-feira, o dia começou muito cedo para os jovens deputados. A sessão no Plenário iniciou-se pelas 8:30 com a intervenção da Presidente da Assembleia Legislativa Regional, Ana Luís, que enfatizou a necessidade de se erradicar da sociedade qualquer forma de violência ou pressão nas relações.

Às intervenções das diferentes forças políticas representadas no Parlamento Regional, sucederam uma série de interpelações dos jovens deputados sobre o tema que seria depois debatido: Violência Doméstica e no Namoro.   

A delegação da EFTH contou com a presença da deputada Érica de Jesus e o deputado Toni Silva, alunos do curso de Técnico de Restaurante/Bar do 1º Ano, que tiveram a oportunidade de dirigir uma questão aos senhores deputados sobre a política de quotas na política. No debate interescolar que se seguiu, foi proposto o Projeto de Recomendação de Escola, que contém medidas concretas para combater aquele flagelo social. Recorde-se que o Projeto de Recomendação de Escola foi sufragado aquando da realização da Sessão Escolar realizada no passado dia 10 de janeiro.

Sublinhe-se, por último, que a problemática da Violência Doméstica e no Namoro é uma questão que deve preocupar e comprometer energicamente todas as insitutuições e estruturas sociais com intervenção ativa.

Depois desta experiência enriquecedora e pedagógica, os alunos da EFTH já estão a programar o regresso para a edição de 2021.

 

 

AO Escolas

EFTH prepara arranque do 3º Período
Ainda que pelos motivos que se conhecem, o futuro começou a ser reinventado e nada vai fazer parar o plano formativo e pedagógico da EFTH.
 
Escola de Formação Turística e Hoteleira
Iª Feira do Livro da Biblioteca da ESLagoa
Para Voltaire, “A leitura engrandece a alma”. Já, para Saramago, “A leitura é, provavelmente, uma outra maneira de estar em um lugar” e outros há que associam “leitura” a viagem, fonte de prazer, enriquecimento de alma, de conhecimento, de comunicação com o passado ou, simplesmente, uma forma de aumentar o vocabulário e de aprimorar a ortografia. Motivar os alunos para a leitura, visto os inúmeros benefícios que esta acarreta, numa sociedade em que a prioridade são as tecnologias e as redes sociais, tem sido o principal foco da biblioteca da Escola Secundária de Lagoa. Neste sentido, para além de outras atividades que desenvolve ao longo do ano, a biblioteca promoveu, entre os dias 10 e 13 de março, uma Feira do Livro.
 
Escola Secundária da Lagoa
Sentir, pensar, crescer e inspirar em casa!
Urge gerir o tempo. A comunidade educativa está resguardada em casa para combater a propagação do Covid-19. Mas não há razão para baixar as mãos, o ecrã do computador poderá ser um meio para nos mantermos ligados, colaborarmos e aprendermos.
 
Escola Secundária da Lagoa

Notícias AO

Aulas virtuais podem criar “situações de desigualdade” entre alunos
As aulas virtuais adotadas face ao encerramento das escolas devido à pandemia de Covid-19 podem "criar situações de desigualdade", porque nem todos os alunos dispõem de computador e Internet, lembrou esta terça-feira o Sindicato dos Professores da Região Açores.
 
BE/Açores quer simplificação de medidas de apoio ao emprego
O Bloco de Esquerda nos Açores defendeu esta terça-feira a simplificação das medidas de apoio ao emprego e o reforço do combate à violência doméstica para "uma melhor resposta aos efeitos sociais e económicos" provocados pela situação de pandemia.
 
Açores registam 49 casos positivos e 2051 vigilâncias ativas
Açores registam 49 casos positivos de Covid-19 e 2051 pessoas estão em vigilância ativa.
 
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.