Açoriano Oriental
Escola
Escola Secundária da Lagoa

Geocaching na Proteção Ambiental


São várias as atividades que se podem realizar, no Geocaching, ligadas à proteção do meio ambiente. Desde logo os eventos CITO (cash In Trash Out – “encontra a cache, mas recolhe o lixo”), eventos estes em que vários, ao longo dos anos, foram organizados por este Clube de Geocaching. Por outro lado, também existem várias caches ligadas ao tema, como é o caso de algumas das recentes Lab caches produzidas por este Clube.

Fora este Clube construí cinco Lab Caches, localizadas no futuro Passeio Marítimo da Lagoa, projeto denominado “Lagoa – cidade voltada para o mar”.  O Clube de Geocaching foi convidado, pela Groundspeak (entidade dona e responsável pelo Geocaching a nível mundial) para construir 5 Lab caches. Este projeto, pela zona onde está inserido, pretende ser um projeto totalmente ecológico, que conduz o geocacher a percorrer os 1.300 metros deste “passeio”, visitando, em particular, a zona do Cruzeiro, os passadiços, a Casa dos Vulcões/OVGA, o relógio solar, o mirante e o Portinho de S. Pedro. Como complemento foi publicada, na zona, a cache enigma- destas Lab cache a cache “Bónus das LAB da Lagoa” - https://coord.info/GC90BKQ.

Protocolo relativo ao Geocaching

Teve lugar no auditório da Escola Secundária da Lagoa (sede da Azores Geotour), promovida pela Direção Regional do Turismo, com a colaboração deste Clube. Estiveram presentes, entre outros convidados, a Dra. Marlene Damião, Diretora Regional do Turismo e a Senhora Presidente da Câmara da lagoa, Dra. Cristina Calisto. Neste evento foi assinado um protocolo, relativo ao Geocaching, entre a Direção Regional do Turismo e a Azores Geotour. Nesta altura o ex-aluno desta Escola, Sr. Rodrigo Travassos apresentou a sua PAP (trabalho de final do seu curso Profissional), relativa ao “Geocaching e Turismo nos Açores”.

Registe-se que este evento, foi o primeiro, “pós pandemia”, a ser realizado nesta Escola e que cumpriu todas as regras determinadas pela situação.

Luis Filipe Machado

Coordenador do Clube de Geocaching

AO Escolas

ESLagoa obtém Menção Honrosa e Prémio de participação Internacional
Os alunos, Diogo Magalhães Sousa, Filipa Bizarro Vieira e Miguel Gonçalves Soares, orientados pela Professora Maria Alexandra da Silva Seara Medeiros, da Escola Secundária de Lagoa, obtiveram uma Menção Honrosa na XIV Mostra Nacional de Ciência. Este projeto foi ainda selecionado para participar na Virtual Expo-Sciences LUXEMBOURG 2021.
 
Escola Secundária da Lagoa
Proteção ambiental desde tenra idade
As preocupações com a proteção ambiental, com a preservação da natureza, no seu todo, tem sido uma temática transversal cujas mensagens nem sempre são eficazes mas que a pouco e pouco vão fazendo algum eco. É urgente agir, formar e informar, e todos somos responsáveis, cada um na sua medida, por desenvolver ações concretas. O Neurónio esteve à conversa com a Maria Inês Caetano, uma aluna da ESLagoa do 7º Ano de escolaridade que desde há dois anos tem vindo a desenvolver uma ação de limpeza na orla costeira. Acredita que outros fazem ou irão fazer o mesmo para SALVAR os Oceanos e o Planeta.
 
Escola Secundária da Lagoa
Continuamos à Descoberta...
Este poderá não ser o projeto de uma vida, mas, sem dúvida alguma, é o projeto que motiva os alunos do curso profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos a desenvolver os seus projetos de aptidão profissional.
 
Escola Secundária da Lagoa

Notícias AO

Executivo reconhece "situação económica e social delicada"
O Programa do XIII Governo dos Açores, entregue, esta sexta-feira, no parlamento regional, reconhece que a região "vive uma situação económica e social delicada", e admite que a pandemia agravou "debilidades" nesses dois campos.
 
Açores registam mais uma morte por Covid-19
Os Açores registam mais uma morte por Covid-19, avança nota da Autoridade de Saúde Regional.
 
Região com 24 novos casos e 41 cadeias de transmissão ativas
Nas últimas 24 horas foram diagnosticados nos Açores 24 novos casos positivos de Covid-19, sendo 17 em São Miguel e 7 na ilha Terceira, decorrentes de 1.590 análises realizadas nos dois laboratórios de referência da Região e do rastreio em Rabo de Peixe, iniciado ontem.
 
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.