Vulcão dos Capelinhos entrou em erupção há 56 anos

Vulcão dos Capelinhos entrou em erupção há 56 anos

 

Ana Carvalho Melo   Regional   27 de Set de 2013, 11:58

O Parque Natural do Faial assinala esta sexta-feira o nascimento no mar, há exatamente 56 anos, daquele que seria o primeiro vulcão submarino a ser observado durante toda a sua atividade, o Vulcão dos Capelinhos.

Durante 13 meses, o vulcão dos Capelinhos moldou também a ilha do Faial e as gentes que o testemunharam, marcando as suas vidas para sempre.

Neste dia, 27 de setembro, celebra-se assim o nascimento telúrico das ilhas, a ciência e a vida, daqueles que viveram a erupção e que a souberam sobreviver, a vida daqueles que rumaram em busca de um futuro melhor e a vida daqueles que ficaram, enfrentando a insularidade.

Para celebrar esta data, a Secretaria Regional dos Recursos Naturais, através do Parque Natural do Faial que foi recentemente galardoado com uma Menção Especial do Prémio Nacional de Paisagem 2012 para o projeto Proteção e Gestão da Paisagem do Vulcão dos Capelinhos, oferece vales de desconto válidos até ao próximo dia 24 de Outubro, em todas as suas valências.

Para usufruir destes descontos, basta visitar hoje (entre as 9h30 e as 16h30) ou amanhã (entre as 14h00 e as 17h30), o Centro de Interpretação do Vulcão dos Capelinhos.

O Centro de Interpretação do Vulcão dos Capelinhos inaugurado em Agosto de 2007, foi concebido de modo a preservar a paisagem existente na área afetada pela erupção do Vulcão dos Capelinhos em 1957/58, na ponta mais a oeste da Ilha do Faial. Assim, o edifício encontra-se submerso nas areias vulcânicas, enterrado até à cota do terreno antes da erupção, fazendo parte do antigo Farol dos Capelinhos.

Neste espaço, é possível fazer uma viagem muitas vezes virtual e interativa que, passo a passo, descreve o fenómeno, abrindo-se uma importante página na compreensão científica dos vulcões submarinos. A visita tem início na visualização de um filme que conta a história dos Açores num contexto universal.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.