Comportamento

Ter um espírito distraído é ter um espírito triste

Ter um espírito distraído é ter um espírito triste

 

Lusa/AO online   Internacional   12 de Nov de 2010, 17:28

As pessoas passam quase metade do tempo a imaginar que fazem outra coisa em vez daquela que estão mesmo a fazer e esta contínua distracção torna-as tristes, conclui um estudo norte-americano feito junto de proprietários do iPhone.
“Um espírito humano é um espírito distraído e um espírito distraído é um espírito infeliz”, resumem os psicólogos Matthew Killingsworth e Daniel Gilbert, da Universidade de Harvard, autores do estudo publicado na quinta-feira pela revista Science.

Os investigadores defendem que "poder pensar em qualquer coisa que não está realmente a acontecer é uma habilidade cognitiva que tem um custo emocional".

O inquérito foi realizado junto de 2.250 pessoas (74 por cento norte-americanos), graças a uma aplicação do seu telefone multifunções, o iPhone, que os contactava em momentos ao acaso.

As cobaias voluntárias foram interrogadas sobre o seu estado de espírito actual e sobre a actividade que estavam a desenvolver.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.