Siemens vende participação na Fujitsu-Siemens Computers


 

Lusa/AOonline   Economia   4 de Nov de 2008, 14:30

A Siemens vendeu a sua quota de 50 por cento na Fujitsu Siemens Computers (FSC), que se dedica ao fabrico de computadores pessoais, ao seu parceiro neste negócio, os japoneses da Fujitsu, por 450 milhões de euros.
A multinacional alemã pretende concentrar-se apenas nos ramos da indústria, energia e saúde, afirmou hoje, em Munique o chefe do departamento de estudos financeiros da empresa, Joe kaeser, explicado a decisão.

    Recentemente, o presidente do conselho executivo da Siemens, Peter Loescher, criticou o baixo rendimento da FSC.

    A Siemens e a Fujitsu criaram a sua “joint venture” há nove anos, com sede na Holanda.

    A FSC é o maior fabricante europeu de computadores pessoais, e vende também serviços informáticos.

    No ano comercial que terminou em Março, a empresa teve um volume de vendas de 6,6 mil milhões de Euro, e lucros de 105 milhões de Euros antes de impostos.

    A FSC emprega 10 mil pessoas em todo o mundo, das quais 6.200 na Alemanha, onde podem estar agora em risco 500 postos de trabalho, segundo o jornal Frankfurter Allgemeine.

    Ao todo, devem ser suprimidos mil empregos na empresa, afirmou o matutino alemão, mas a notícia foi entretanto desmentida por um membro do conselho de administração da Fujitsu.

    “Tivemos negociações com a Siemens, e não estamos a pensar em suprimir empregos na Alemanha“, garantiu hoje Tatsuo Tomita, em conferência telefónica.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.