Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO   Nacional   6 de Out de 2008, 06:26

Um relatório que indica que Portugal é o país da Europa com menos remédios novos, as alegadas cobranças de propinas ilegais pelas universidades e o jogo Sporting-FC Porto (1-2) estão hoje em destaque na imprensa de Lisboa.
O Diário de Notícias destaca “Portugal é o país da Europa com menos remédios novos”, citando um relatório da consultora IMS Health.

    De acordo com o relatório, nos últimos dez anos entraram no mercado interno apenas cerca de 70 novos medicamentos, o que coloca Portugal em último lugar num grupo de 13 países europeus.

    O matutino puxa também para a capa a vitória do FC Porto frente ao Sporting por 2-1, em jogo da quinta jornada da Liga portuguesa, disputado em Lisboa, titulando “Bruno Alves põe FC Porto na liderança”.

    O discurso do Presidente da República, Cavaco Silva, nas comemorações do 05 de Outubro e a revelação de que estão por cobrar meio milhão de multas na Via Verde estão também em destaque no DN.

    O Jornal de Notícias chama à primeira página “Universidades estão a cobrar propinas ilegais”, referindo que instituições do Porto e da Madeira não distinguem tempo parcial do normal.

    Sobre o jogo Sporting-FC Porto, o JN titula “Vitória a rigor”, destacando uma fotografia de Bruno Alves, autor de um dos golos que deu a vitória aos dragões.

    “Militares sem dinheiro para ordenados” é a manchete do Correio da Manhã, sublinhando que o Ministério da Defesa necessita de um reforço orçamental urgente de 100 milhões de euros para fazer face às despesas com pessoal até ao final do ano.

    “Dragões eficazes ganham clássico”, “Cavaco pede verdade sobre a crise financeira” e “Bancos estrangeiros investigados pelo Fisco” são outras chamadas de capa do CM.

    O Público avança “Falta de dinheiro e de funcionários está a asfixiar a rede de museus”.

    O Público enviou um inquérito aos museus e encontrou um quadro preocupante.

    “FC Porto de Jesualdo obtém 1ª vitória em Alvalade” e “Crimes a sul do Tejo sem ligação a redes no Brasil” são outros assuntos abordados no Público.

    O 24horas adianta na sua edição de hoje “Bombas feitas por miúdos lançam medo nas escolas”, contando que a polícia está preocupada com esta moda que chegou pela Internet.

    O diário destaca ainda “FC Porto de luta vence Sporting desinspirado” e “Há cada vez mais mulheres assediadas no trabalho”.

    “Cavaco força Governo a centrar-se na crise” é a manchete do Diário Económico, referindo-se à mensagem do Presidente da República domingo na cerimónia comemorativa do 05 de Outubro.

    Na cerimónia, Cavaco Silva advertiu que o dever do Estado é nunca esquecer os pobres e fazer uso ponderado dos dinheiros públicos.

    O económico adianta ainda que “Quatro ministérios [Saúde, Administração Interna, Segurança Social e Justiça] vão gastar mais em 2009” e “Médicos vão ter novo regime salarial”.

    O Jornal de Negócios titula “Crise financeira: A verdade gera confiança, a ilusão é fonte de descrença”, referindo-se à mensagem do Presidente da República.

    Cavaco Silva, escreve o JdN, diz que os políticos não devem iludir os cidadãos.

    O jornal realça ainda “Proposta da Brisa para o TGV é a melhor para o Estado”, explicando que o grupo Elos, liderado pela Brisa e Soares da Costa, têm uma proposta que ronda os 1,2 a 1,3 mil milhões de euros.

    O triunfo do FC Porto sobre o Sporting (1-2) em mais um “clássico” do futebol português está hoje em destaque nas primeiras páginas dos matutinos desportivos.

    “Mais dragão que leão”, comenta A Bola, sobre foto de um dos golos dos tricampeões portugueses, referindo que, contudo, “clássico de Alvalade nem chegou a aquecer”.

    O matutino sublinha ainda que “FC Porto chega ao 1º lugar mas Benfica quer alcançá-lo já hoje”.

    A propósito, destaca a afirmação de Quique Flores, treinador do Benfica: “Quanto mais cedo estivermos na liderança melhor”.

    O Jogo ocupa a primeira página com uma foto a grandes dimensões do defesa central portista Bruno Alves a festejar com o guarda-redes Nuno Santos, com o título “Uma boa táctica e um grande Bruno”.

    Em chamadas de primeira página, o matutino destaca declarações de alguns dos intervenientes no jogo, como Bruno Alves (“Sou ouvido e respeitado”), Jesualdo Ferreira (“este é o lugar a que estamos habituados”) e Paulo Bento (“não me sinto fragilizado”).

    O jornal sublinha ainda o comentário de João Vieira Pinto, no qual o ex-futebolista refere que “Rochemback e Veloso parecem incompatíveis no meio-campo”.

    “Leão paga a factura”, anuncia o Record, sobre foto de Bruno Alves a festejar o golo que marcou e um jogador do Sporting em atitude de desespero.

    “Bruno Alves deu razão a Lucho”, diz ainda o jornal, que cita declarações dos dois técnicos, Paulo Bento (“confrontos directos não decidem confrontos”) e Jesualdo Ferreira (“vamos no lugar a que estamos habituados”).

    O Jogo assinala que “águias podem colar-se hoje aos dragões na liderança” e coloca no topo da página uma declaração do treinador do Benfica, Quique Flores: “Precisamos ter raça”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.