Papa convida 2.100 sem-abrigo, presos e refugiados a irem ao circo em Roma

Papa convida 2.100 sem-abrigo, presos e refugiados a irem ao circo em Roma

 

Lusa/AO online   Internacional   10 de Jan de 2018, 09:24

O papa Francisco vai convidar, na próxima quinta-feira, 2.100 pessoas, selecionadas de entre sem-abrigo, presos e refugiados, a ir ao circo em Roma, repetindo uma iniciativa que realizou em 2016.

O anúncio foi feito hoje num comunicado da Esmolaria Apostólica, serviço do Vaticano de apoio aos mais pobres, dirigido pelo bispo polaco Konrad Krajewski.

Desta vez foi o Circo Medran que colocou à disposição 2.100 bilhetes para esta iniciativa de caridade.

Em janeiro de 2016, o papa Francisco convidou um grupo de mais de 2.000 carenciadas a irem ao Rony Roller Circus que se tinha instalado em Roma.

O pontífice argentino manifestou sempre o seu apreço pelo circo, considerando que “ensina que as pessoas que realizam espetáculos acreditam na beleza, são criadores de beleza” e que “isso faz bem à alma”.

Desde a eleição de Francisco como papa, há quase cinco anos, as iniciativas originais multiplicaram-se. A título de exemplo, foram instalados duches gratuitos e um cabeleireiro junto às colunatas de Bernini, na praça de São Pedro, e distribuídas centenas de guarda-chuvas e sacos-camas aos sem-abrigo.

Também foram oferecidas refeições, concertos e proporcionadas visitas à Capela Sistina.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.