Eleições antecipadas é cenário possível em Angra

Eleições antecipadas é cenário possível em Angra

 

Paula Gouveia   Regional   9 de Nov de 2009, 20:51

Os partidos com vereadores eleitos para a Câmara Municipal de Angra do Heroísmo admitiram à Lusa que a solução para a falta de consenso "possa ser a realização de eleições antecipadas".

Nas eleições de 11 de Outubro, o PS ganhou com maioria relativa, elegendo três vereadores para o executivo municipal, onde o PSD também tem três e o CDS-PP um. A ausência de uma maioria absoluta começou logo a gerar controvérsia na primeira reunião de câmara, onde esteve em discussão a nomeação do administrador e do presidente da Assembleia Geral da empresa Culturangra, bem como do presidente dos serviços municipalizados. Segundo Artur Lima, a presidente da câmara acabou por concordar em retirar os nomes propostos e apresentar, ainda esta semana, em nova reunião de câmara, uma lista de nomes que reflicta a pluralidade partidária do executivo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.