Descobertos manuscritos ocultos em manto de Nossa Senhora da Basílica de Mafra

Descobertos manuscritos ocultos em manto de Nossa Senhora da Basílica de Mafra

 

Lusa/AO online   Nacional   24 de Jan de 2018, 17:11

A imagem de Nossa Senhora da Soledade, da Basílica de Mafra, ocultava documentos no interior do manto, que foram descobertos na sequência dos trabalhos de restauro, anunciou a Real e Venerável Irmandade do Santíssimo Sacramento de Mafra (RVISSM).

“Surgiram sete documentos manuscritos no interior do manto de seda, bordado a ouro, que reveste a imagem de Nossa Senhora da Soledade, da Basílica de Mafra, imagem que sai por ocasião das cerimónias da Quaresma”, afirma a RVISSM em comunicado enviado hoje à agência Lusa.

“Os documentos, presume-se que datem da segunda metade do século XIX, e a sua existência era inteiramente ignorada. Os documentos estão dobrados em quatro partes, e cosidos aos bordados do manto. Por esse motivo se justifica que por fora não se suspeitasse de nada”, adianta a irmandade.

“O conteúdo é inteiramente ignorado de momento, pois a decisão da sua retirada ainda não foi definitiva. A leitura será efetuada na basílica, em data a determinar”, segundo a irmandade, que adiantou “suspeitar-se de que possam ser pedidos a Nossa Senhora ou algo do género, mas são meras suposições”.

“A informação do que possam conter ainda não foi averiguada, pois os trabalhos de conservação do manto ainda decorrem. Porém é evidente que foram ali ocultados por algum motivo particular”, refere a RVISSM.

“O número é que torna o achado notável, pois é habitual encontrar inscrições neste tipo de peças, mas sete documentos, e de mãos diferentes, isso sim, torna o caso verdadeiramente notável”.

A imagem, datada de 1773, sai habitualmente na procissão do Senhor Jesus dos Passos, pelas ruas de Mafra, que se realiza no dia 25 de fevereiro, e na procissão do enterro, na Sexta-Feira Santa, que este ano acontecerá a 30 de março.

Segundo a mesma fonte, este ano “a imagem voltará a sair e a exibir o rico manto de seda bordado a ouro”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.