Santos Silva recusa a presença de Tibério Dinis na reunião com os EUA

Santos Silva recusa a presença de Tibério Dinis na reunião com os EUA

 

Miguel Bettencourt Mota   Regional   14 de Dez de 2017, 09:19

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, não aceitou o pedido feito por parte do presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória para participar, esta quinta-feira, em Lisboa, na 38ª Reunião da Comissão Bilateral Permanente do Acordo de Cooperação e Defesa entre Portugal e os Estados Unidos da América.


A justificação do ministro sustentou-se no facto de os Açores já estarem a ser representados pelo Governo Regional, uma explicação que não satisfez o autarca Tibério Dinis.

“O senhor ministro entende que os Açores já se encontram representados nesta reunião e que, por isso, o município da Praia da Vitória não deve estar presente. Discordamos desta argumentação, tendo em conta que a presença do município não é inédita e que estão na agenda assuntos diretamente ligados ao concelho, onde a nossa visão de proximidade pode contribuir para um melhor entendimento e decisão. Daí lamentar essa decisão. De qualquer forma, apresentei a todos os intervenientes a nossa visão e aguardo, de forma positiva, as conclusões da reunião da Comissão Bilateral”, considerou o edil, citado por uma nota de imprensa da autarquia enviada a este jornal.

Recorde-se que o passivo ambiental deixado pelos Estados Unidos da América na Base das Lajes, após a redução significativa do contingente militar norte-americano, é um dos assuntos mais caros à Região, pelo que os avanços diplomáticos decorrentes das reuniões bilaterais, no sentido de solucionar essa matéria, são tão mais importantes.

 




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.