Editorial

Em palavras claras: o Grupo SATA vive uma das piores, senão a pior, fase da sua já longa e respeitável história. Uma história indelevelmente ligada à história recente dos Açores que tem na sua companhia de bandeira o garante de que nenhum açoriano ficará refém da sua própria insularidade....

Opinião

Os Açores estão a bater todos os recordes ao nível do turismo. De uma região remota e isolada passamos a ser uma pérola turística no meio do Atlântico.
A economia açoriana agradece. A hotelaria, a restauração, as empresas turísticas, as “rent-a-car” e tantos outros setores que beneficiam com a expansão do turismo...

Paixão 1 – Só mudei o título
Quem leu a crónica que escrevi há um ano atrás, pode saltar até à “Paixão 4”. A razão é simples: a cada ano que passa, a minha “paixão pelo Triângulo” … trepa!

Paixão 2 – 360º de emoção
Quando algum amigo do Continente me questionava sobre umas férias de 8 dias nos Açores,...

Diz-se de quem é reincidente em determinado comportamento ou na prática de alguma coisa. Politico e, ministro dos negócios estrangeiros do governo português, o sr. Augusto Santos Silva é “habitué” em levar ao Political Trade Market para negociar, aquilo que, nem a ele, nem ao seu patrão pertence. Depois de nos ter...

Donald Trump ainda nem sequer há um ano foi eleito e governar mesmo só o faz há sete meses. Mas deve ter sido tempo suficiente para perceber que ser líder do mais poderoso país do mundo significa também ter desafios permanentes e muitas vezes em simultâneo mundo fora. Um bom exemplo foram as declarações cruzadas ontem...

É comum observar o uso da palavra brincar quase de forma indiscriminada no dia-a-dia, e até com tonalidade pejorativa, como quando alguém é repreendido por estar a brincar em vez de fazer uma tarefa. No entanto, brincar apresenta-se como uma atividade fundamental para o desenvolvimento saudável da criança. É através do...

Depois da adolescência, raramente olhamos para as nuvens, a não ser para tentar adivinhar os caprichos da meteorologia, para sacudir o enfado da viagem de avião, espreitando pela janela ou deitados na toalha de praia, em que somos forçados a enfrentar o céu.
As nuvens fazem parte da paisagem humana, mas não lhes...

Ponta Delgada está melhor e mais confiante
2017 é ano de confirmação para Ponta Delgada e suas 24 freguesias, que ganharam novas expectativas e ambições, fruto do bom trabalho realizado nestes últimos tempos.
Trabalho com esforço e dedicação. Rigor na gestão financeira e elevado sentido estratégico pelo desenvolvimento....

Estranha coincidência esta entre o espetacular aumento do turismo entre nós e a insidiosa campanha contra a nossa companhia de aviação. Vinda de fora, o que é de esperar pois o mundo não é composto por anjos. Mas o que mais custa é assistir a levianas atitudes de gente que é nada e criada entre nós e que, de duas uma,...

Num espaço de tempo, relativamente, curto, fui ao lançamento de dois livros, que relatam fatos e acontecimentos relacionados com a história dos Açores. O primeiro é da autoria de Augusto Cymbron e o segundo de Mário J. Mota Borges. Ambos, despertaram em mim, um grande interesse. Trata-se, de trabalhos de pesquisa, que...

Foi há menos de quatro anos. Em dezembro de 2013, a sofrer os efeitos do programa de assistência da troika, o mercado imobiliário português estava mergulhado numa crise que afundara o preço do metro quadrado para o valor mais baixo de toda a década. Números do INE revelavam a diferença na média das avaliações bancárias,...

A profunda impressão causada pelos incêndios florestais, a grave crise em curso na Venezuela e as constantes facécias do novo inquilino da Casa Branca, em Washington, têm ocupado de tal modo as atenções que já pouco se fala do fluxo de refugiados em busca de melhores condições de vida na Europa. E no entanto este fenómeno...

Não se pense que o “Fenómeno Santa Clara” resumiu-se aos primórdios do futebol micaelense (primeiros jogos, em 1895, nas “pedreiras do porto artificial” / 2ª e 3ªs décadas do século XX (garantidamente entre 1917 e 1922) com os “Campeonatos de Santa Clara / 1920 e 1921, com a tentativa de criar o Ginásio Clube Micaelense...

Foram quase 15 dias desligada do mundo. Atravessei o canal rumo ao meu refúgio na ilha do Pico, com a promessa de usufruir dos reencontros que a vida me reservara, entre familiares e amigos. Apesar do modo offline que me impus, os dias foram agitados. Uns de grandes emoções, outros de algum sufoco, outros onde a confusão...

Em 2017 todos os indicadores do turismo tem sido favoráveis, aliás como já vem ocorrendo desde a liberalização do transporte aéreo de passageiros em 2015, à qual o Governo Regional resistiu e opôs-se durante quase 10 anos, atrasando o desenvolvimento do setor, levando ao encerramento de hotéis, à degradação financeira...

Não sou sindicalista, nunca fui sindicalizado e até critico alguma atividade sindical que enche o espaço mediático. Mas vivo em democracia, aceito as regras, o direito à crítica, ao elogio, à contestação e o direito fundamental que é o direito à greve. Temos a liberdade de achar que há greves com as quais discordamos...

Há muito que não se gostava de uma cidade assim. A cidade esteve desempoeirada, resplandecente, sensual, elegante, criativa, transbordava de alegria. A vetusta cidade rejuvenesceu, foi “europeia” e cosmopolita por um dia. Realizaram-lhe uma consciência social sem no go areas culturais. Origem, proveniência, idade e cultura...

Há semanas o Parlamento alemão aprovou o casamento entre pessoas do mesmo sexo, com o voto favorável de alguns deputados da CDU, apesar da recusa inicial e posterior resignação de Angela Merkel. Independentemente do que se pense sobre o assunto, há aqui um sinal que acumula com outros. Pela Europa fora os partidos de...

Ficas todo sujo, e ainda por cima o porco gosta. Esta frase, do dramaturgo irlandês Bernard Shaw, encerra em si mais do que o sarcasmo em que ele era exímio: é uma lição de sabedoria política. Mas tem limitações, como todas. Às vezes somos mesmo forçados a lutar com porcos, quando algo muito importante depende disso,...

“Era uma vez…” ou “naquele tempo…” são termos recorrentes no começo de textos e apelam ao imaginário de quem os lê ou ouve. Tanto no início de um conto como na introdução de uma passagem do Novo Testamento estas palavras procuram situar os acontecimentos num tempo passado que é visto não tanto como memória mas mais como...

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.