UEFA instaura processo disciplinar ao Liverpool após ataque a autocarro do City

UEFA instaura processo disciplinar ao Liverpool após ataque a autocarro do City

 

Lusa/AO online   Futebol   5 de Abr de 2018, 14:34

A UEFA anunciou esta quinta-feira ter aberto um processo disciplinar ao Liverpool, na sequência do arremesso de objetos contra o autocarro do Manchester City, antes do jogo entre as duas equipas para os quartos de final da Liga dos Campeões.

Antes do jogo, que terminou com uma vitória por 3-0 para a equipa da casa, vários adeptos atiraram garrafas, latas e outros objetos contra o autocarro dos ‘citizens’, no qual viajava o português Bernardo Silva, que atravessou uma atmosfera de fumo vermelho provocado por outros adeptos do Liverpool e acabou por entrar no estádio de Anfield com as janelas danificadas.

Segundo a UEFA, os ‘reds’ enfrentam quatro acusações, uma relativa à detonação de objetos pirotécnicos, outra pelo arremesso de objetos, uma outra por danificação material e uma quarta acusação por perturbação em massa.

“O caso será analisado pelo Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA, no dia 31 de maio”, apontou o organismo de cúpula do futebol europeu, o que significa que quaisquer sanções a serem aplicadas só terão efeito na próxima temporada.

Em comunicado, o Liverpool pediu desculpa pelo sucedido e disse “condenar nos termos mais fortes possíveis as cenas que precederam o jogo”, destacando um comportamento “totalmente inaceitável” e mostrando-se disponível para cooperar com as autoridades inglesas.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.