Ucrânia suspende acordo de comércio livre com a Rússia

Ucrânia suspende acordo de comércio livre com a Rússia

 

Lusa / AO online   Internacional   2 de Jan de 2016, 11:10

A Ucrânia suspendeu hoje o acordo de comércio livre com a Rússia e proibiu, a partir de 10 de janeiro, a importação de uma série de produtos russos em resposta a iguais medidas tomadas por Moscovo na sexta-feira.

 

Segunda um regulamento governamental, a suspensão do acordo de comércio livre, que implica a introdução imediata de tarifas aduaneiras, vai vigorar até 31 de dezembro de 2016.

Já o veto às importações de produtos russos vai prolongar-se até 05 de agosto ou até que a Rússia levante o embargo imposto às importações de produtos alimentares e outros produtos ucranianos.

A proibição ucraniana afeta as importações de vodca, cerveja, carnes bovina, suíça e de aves, pescado, produtos lácteos, chocolates, doces, massas, molhos e também alimentos para cães e gatos.

Além disso, continuam também vetadas as importações de champôs e géis, cigarros com filtro, fertilizantes agrícolas, locomotivas a diesel e elétricas e equipamentos para as vias férreas.

A Rússia explicou as suas medidas restritivas contra Kiev, que entraram em vigor a 01 de janeiro, com a necessidade de defender o seu mercado interno antes da entrada em vigor da parte económica do acordo de associação entre a Ucrânia e a União Europeia.

Depois da anexação da península da Crimeia pela Rússia, em março de 2014, os intercâmbios comerciais entre a Rússia e a Ucrânia caíram a pique: se em 2014, o comércio bilateral entre os dois países caiu 29,4% face ao ano anterior para os 27.900 milhões de dólares, nos primeiros 10 meses de 2015, as trocas comerciais caíram para metade, ficando-se pelos 12.500 milhões de dólares.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.