Tempestade mata voluntária em missa do papa nas Filipinas

Tempestade mata voluntária em missa do papa nas Filipinas

 

AO/Lusa   Internacional   17 de Jan de 2015, 10:21

Uma jovem que era voluntária na missa do papa Francisco nas Filipinas morreu sábado ao ser atingida por um andaime de aço derrubado por uma tempestade, informou um porta-voz da igreja.

 

Devido à tempestade, o papa Francisco encurtou a sua visita à região central do arquipélago, durante a qual tinha previsto encontrar-se com sobreviventes do tufão Haiyan que causou mais de 5.700 mortos há 14 meses.

O andaime atingiu a jovem de 21 anos no peito e derrubou-a, matando-a, disse aos jornalistas o padre Amadeo Alvero, porta-voz da Arquidiocese de Palo.

O padre disse que a jovem era uma dos muitos voluntários que ajudaram na missa que o papa celebrou esta manhã no aeroporto de Tacloban, que segundo a polícia reuniu cerca de 200.000 pessoas.

O papa celebrou a missa numa altura em que foi registada chuva intensa no aeroporto e voou de regresso a Manila quatro horas antes do previsto para evitar o pior da tempestade tropical Mekkhala.

Uma média de 20 tempestades tropicais atinge todos os anos as Filipinas.

Mekkhala é a primeira tempestade a passar pelo arquipélago filipino este ano.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.