SATA rejeita despedimentos na companhia

SATA rejeita despedimentos na companhia

 

Ana Carvalho Melo   Regional   14 de Dez de 2012, 10:32

A SATA rejeitou as afirmações do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil que davam conta de que a companhia poderia poder vir a despedir entre 50 a 150 trabalhadores.

"A SATA rejeita igualmente o teor das declarações alarmistas, sensacionalistas e falaciosas com o intuito de gerar protagonismo, segundo as quais estariam em perigo os postos de trabalho de 30 a 150 tripulantes de cabine da SATA Internacional", refere comunicado da empresa,  salientando, que "não estão equacionadas nem fazem parte das intenções da companhia" alterações nas bases de trabalho de Lisboa e Ponta Delgada.

O mesmo comunicado refere ainda que a "SATA sempre esteve, está e estará disponível para o diálogo com o Sindicato Nacional de Pessoal de Voo da Aviação Civil – SNPVAC", respondendo assim à acusação do sindicato de que a empresa não estaria disponível para reunião.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.