Receita fiscal sobe para 11.866,2ME até abril devido aos impostos indiretos


 

LUSA/AO online   Nacional   25 de Mai de 2016, 17:32

O Estado arrecadou 11.866,2 milhões de euros em impostos até abril, mais 367,8 milhões de euros do que no mesmo período de 2015, sobretudo devido ao aumento dos impostos indiretos, divulgou hoje a DGO

De acordo com a síntese de execução orçamental até abril divulgada pela Direção-Geral de Impostos (DGO), a receita fiscal arrecadada pelo Estado nos primeiros quatro meses do ano foi superior em 3,2% à registada no mesmo período de 2015, quando foram amealhados 11.498,4 milhões de euros em impostos.

Este aumento, escreve a entidade liderada por Manuela Proença, deveu-se "essencialmente ao desempenho favorável da receita dos impostos indiretos", que subiu 513,7 milhões de euros (mais 7,8%), "justificado pelo comportamento favorável ao nível dos impostos sobre Produtos Petrolíferos (ISP), sobre o Tabaco (IT), sobre as bebidas alcoólicas (IABA) e sobre Veículos (ISV)" - que foram todos aumentados por decisão do Governo liderado por António Costa.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.