PSD propõe consenso do parlamento para apoiar Estado português nas negociações com EUA


 

Lusa/AO Online   Regional   24 de Fev de 2015, 17:47

O PSD vai propor no parlamento um consenso entre todos os partidos para apoiar as decisões do Estado português nas negociações com as autoridades norte-americanas sobre o futuro da base das Lajes, anunciou o deputado António Rodrigues.

 

"O mais relevante é tentarmos buscar o consenso, vendo também qual é o papel que o parlamento português pode ter nesta matéria. Entendemos que é necessário ter uma intervenção não só de esclarecimento, mas uma intervenção proactiva, quer junto dos parlamentares americanos, quer junto dos luso eleitos" nos Estados Unidos, afirmou hoje o social-democrata.

António Rodrigues falava durante uma audição dos ministros de Estado e Negócios Estrangeiros, Rui Machete, e da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, nas comissões parlamentares de Negócios Estrangeiros e da Defesa Nacional, a propósito do anúncio dos EUA de pretenderem reduzir a presença na base das Lajes, na ilha Terceira, Açores.

"Queremos levar isto mais longe: nesta ideia de consenso e nesta busca de encontrar uma posição única do Estado português, apresentaremos amanhã [quarta-feira] um projeto de resolução ao plenário da Assembleia da República que consagra este objetivo, que é de dotar o Governo português - onde está o Governo regional também -, para encontrar uma posição firme, forte e determinada do Estado português", disse.

O PSD convida "todos os partidos" a procurar uma "plataforma de entendimento", acrescentou o deputado do PSD.

"Não estando as negociações fechadas, havendo uma reunião da bilateral ainda em maio ou junho, possamos dar dimensão parlamentar e suporte político às decisões do Estado português sobre esta matéria", afirmou António Rodrigues.

Para o social-democrata, Portugal deve ter uma "uma posição negocial, forte, firme e determinada, perante aqueles que, mesmo sendo aliados, nesta circunstância surgem como contraparte".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.