Proteção Civil alerta que tempestade tropical Ophelia deverá afetar os Açores

Proteção Civil alerta que tempestade tropical Ophelia deverá afetar os Açores

 

Ana Carvalho Melo   Regional   10 de Out de 2017, 18:31

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) informou que, segundo o Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA), a tempestade tropical Ophelia deverá afetar a Região Autónoma dos Açores nos próximos dias.

 O SRPCBA salienta que, segundo o IPMA, às 15h00, o centro desta tempestade tropical localizava-se a 1.260 quilómetros a oeste/sudoeste dos Açores, sem grande variação da intensidade do vento nas últimas horas, ou seja, vento médio de 85 km/h e rajadas da ordem dos 100 km/h.

 Ainda segundo o IPMA, o ciclone Ophelia está a deslocar-se para sudeste a 7 km/h e espera-se que continue a intensificar-se nas próximas horas, atingindo a categoria de furacão na quarta ou quinta-feira.

 O IPMA, citado pelo SRPCBA, indica que o ciclone deverá continuar com esta trajetória nos próximos dois dias, acrescentando que, a partir de quinta-feira, se prevê que comece a deslocar-se para nordeste, aproximando-se assim do arquipélago dos Açores.

 Pela avaliação dos resultados dos diferentes modelos meteorológicos, segundo refere o IPMA, existe uma probabilidade entre 5 a 15% das ilhas do Grupo Central e de 20 a 30% das ilhas do Grupo Oriental começarem a sentir efeitos da tempestade a partir de sábado, 14 de outubro.

 Para as ilhas do Grupo Ocidental, a probabilidade de serem afetadas pelo ciclone é inferior a 5%.

O SRPCBA salienta que, de acordo com a informação transmitida pelo IPMA, esta situação não deverá causar alarmismo, desde que sejam tidas em conta as informações oficiais transmitidas pelo SRPCBA e pelo IPMA, bem como a adoção de medidas de autoproteção em caso de tempestade, tal como é recomendado pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.

O SRPCBA informa ainda que já contactou os Serviços Municipais de Proteção Civil e Corpos de Bombeiros de toda a Região, mantendo-se em contacto permanente com os mesmos.

O SRPCBA e o IPMA, bem como todas as autoridades e agentes de Proteção Civil estão a acompanhar o evoluir da situação, fazendo o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores uma atualização da informação sempre que se justifique.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.