Povoação pede urgência ao TdC na apreciação de auditoria a parcerias público-privadas

Povoação pede urgência ao TdC na apreciação de auditoria a parcerias público-privadas

 

Lusa/AO online   Regional   25 de Jul de 2012, 16:15

A Câmara da Povoação, ilha de S. Miguel, pediu hoje ao Tribunal de Contas (TdC) celeridade na apreciação do relatório de auditoria que lhe foi submetido pelo município sobre obras promovidas pela anterior gestão em regime de parcerias público-privadas.

O documento em causa foi entregue ao TdC há 14 meses, reportando-se às obras das piscinas municipais da Povoação e ao campo de futebol das Furnas, num investimento global de 10,5 milhões de euros, precisou o presidente do município, o socialista Carlos Ávila.

Em declarações à agência Lusa, o autarca referiu que a auditoria entregue ao tribunal apurou “algumas irregularidades” no processo, aguardando o município a pronúncia do TdC para avançar “com decisões sobre a matéria”.

Esse é “o maior problema das finanças do concelho da Povoação”, alegou Carlos Ávila, indicando que enquanto não houver decisões a autarquia continuará sem liquidar os encargos associados às obras.

A Câmara da Povoação decidiu mandar efetuar uma auditoria técnica aos empreendimentos das piscinas municipais e do campo de futebol das Furnas em 2009, quando os socialistas substituíram os sociais-democratas na gestão da autarquia.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.