"Peregrinas da Fé" realizam a sua primeira romaria (vídeo)

Carregando o video...

 

Dianne Costa   Regional   12 de Mar de 2015, 11:53

Um grupo de 30 mulheres, dos sete aos 70 anos, sairá na madrugada do dia 20 de março, da Igreja da Nossa Senhora da Piedade, na freguesia dos Arrifes, para a sua primeira romaria quaresmal, que terá a duração de dois dias e meio.

 

A Irmã Maria Medeiros foi a primeira mulher a organizar uma romaria feminina, tendo sido mestra do rancho de romeiras da Fajã de Cima durante 19 anos.

A oportunidade de criar o rancho de romeiras da Piedade surgiu quando as “irmãs” daquela abordaram a Irmã Maria Medeiros para organizar uma “romaria feminina ”, uma vez que a Saúde e os Milagres já tinham os seus ranchos femininos.

Os encontros de preparação começaram há três semanas e têm como objetivo preparar as peregrinas para a oração, decorrendo todas as sextas-feiras, pelas 20h30, na Igreja de Nossa Senhora da Piedade.

Além de mulheres, esta romaria marca a diferença por ser uma “romaria mista”, contando com cinco meninos e três homens. “Aceito aqueles meninos porque infelizmente, hoje em dia, estão todos a fugir da Igreja e eu não quero que isso aconteça”, explicou Maria Medeiros.

A Irmã refere que o objetivo desta romaria é o sacrifício, “porque somos pecadores, temos que fazer o nosso sacrifício para que Deus nos dê a luz, porque nesta altura o mundo está a precisar muito de luz”. “A romaria é um momento especial de reflexão, oração e vivência da fé”, acrescenta a Irmã Maria Medeiros.

Não sendo o primeiro caso de rancho feminino, a Irmã salienta que esta é uma tradição que terá continuidade “porque em qualquer sítio as irmãs estão todas empenhadas”.

As peregrinas sairão às 4h00 da manhã do dia 20 de março da Igreja de Nossa Senhora da Piedade, com destino às Sete Cidades para a primeira pernoita. Ao longo do trajeto estão previstas paragens nas igrejas da Saúde, Covoada, Ginetes e Feteiras.

As romeiras seguem depois para as igrejas do João Bom, Pilar, Bretanha , almoçando em santo António e pernoitando na Vila de Capelas.

A caminhada prossegue pelas igrejas de Nossa Senhora da Conceição, terminando na igreja da Piedade, nos Arrifes, onde será dada a comunhão às “irmãs peregrinas”.

Em cada igreja será celebrado um momento de oração.

Em São Miguel existem mais grupos do sexo feminino que adotam esta prática na Quaresma, nomeadamente das Capelas, dos Milagres (Arrifes), de Santa Clara e da Fajã de Cima

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.