Finanças

Paris defende pacto entre os membros da zona euro

Paris defende pacto entre os membros da zona euro

 

Lusa/AO online   Economia   27 de Nov de 2011, 16:48

França, Alemanha e Itália querem introduzir um novo pacto entre os membros da zona do euro, com “verdadeiras sanções”, para reforçar a disciplina fiscal, afirmou hoje a ministra francesa do Orçamento, Valérie Pécresse.

Tal acordo não será “um pacto para três”, mas sim para “todos os membros da aliança da zona euro”, no sentido de criar “uma nova governação, com verdadeiras regras, com verdadeira regulação e verdadeiras sanções”, que dê “realmente confiança”, afirmou Valérie Pécresse à estação TV Canal+. De acordo com informações do jornal alemão Welt am Sonntag, a chanceler alemã Angela Merkel e o presidente francês Nicolas Sarkozy estão a considerar a implementação de um novo pacto de estabilidade limitado a alguns países na zona do euro. Paris e Berlim poderão avançar com propostas naquele sentido durante a próxima semana, que antecede a cimeira da União Europeia de 09 de dezembro, adiantou o jornal, admitindo que Roma venha também a subscrever essas propostas. “Alemanha, França e Itália querem ser o motor de uma Europa que seja muito mais integrada, muito mais forte e com verdadeiros mecanismos de regulação”, de modo a não permitir que possa haver “alguém que fique isento das regras estabelecidas por nós”, afirmou Pécresse. A ministra do Orçamento também disse que não haverá novo plano de austeridade em França, após os dois primeiros planos já anunciados, para reduzir o défice e a dívida do país: “não haverá um terceiro plano de austeridade, simplesmente porque ninguém no-lo pede”. "Ninguém duvida da capacidade da França para saldar a sua dívida”, sublinhou a governante, questionada sobre a ameaça do seu país perder a classificação “AAA”, isto é, a melhor nota para a dívida de Estado e para contrair empréstimos a taxas favoráveis.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.