Números sobre o risco de pobreza em Portugal são muito preocupantes

Números sobre o risco de pobreza em Portugal são muito preocupantes

 

Lusa/AO online   Nacional   3 de Dez de 2012, 14:41

O ministro da Solidariedade e Segurança Social considerou "muito preocupantes" os números revelados esta segunda-feira pelo EUROSTAT que apontam para a existência de 2,6 milhões de portugueses em risco de pobreza ou de exclusão social.

À margem de uma visita à Misericórdia de Vila Verde, Braga, Pedro Mota Soares voltou a apontar como exemplo da atuação do Governo para "atenuar" os referidos números o reforço da linha de crédito disponível para instituições de solidariedade social, no âmbito do Plano de Emergência Social.

De acordo com o gabinete de estatística da União Europeia, em Portugal, no ano de 2011, estavam em risco de pobreza ou exclusão social 2,6 milhões de pessoas, o equivalente a 24,4% da população, abaixo dos 25,3% observados em 2010 e dos 26% em 2008.

"São números muito preocupantes mas nós sabemos que temos que atuar nesse sentido. Temos vindo a conseguir reduzir sistematicamente as taxas de pobreza em Portugal. Mas são números elevados", considerou Mota Soares.

Como medidas de combate a estes dados, o ministro relembrou o "reforço" de 100 milhões de euros da linha de crédito acessível a instituições de solidariedade, inscrita no Plano de Emergência Social, que passa agora a disponibilizar 150 milhões de euros.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.