Município da Ribeira Grande leva escola a hasta pública para instalar hotel

Município da Ribeira Grande leva escola a hasta pública para instalar hotel

 

Lusa/AO Online   Regional   7 de Set de 2016, 18:54

A Câmara da Ribeira Grande, nos Açores, vai levar a hasta pública para arrendamento, com opção de compra, por 780 mil euros, o edifício da Escola Central do concelho, visando criar um hotel de charme.

“Esta intenção prende-se com uma dinâmica que estamos a assistir na nossa cidade e fruto de uma estratégia que foi definida há um ano com a implementação de um plano de turismo, tendo como preocupação trazer cada vez mais investimento para o concelho”, declarou hoje à agência Lusa o presidente do município, Alexandre Gaudêncio.

O autarca explicou que a oportunidade surgiu porque a Escola Central vai deixar de ter ensino, transitando os seus alunos para o estabelecimento Gaspar Frutuoso.

“Sendo este edifício património municipal, é nossa intenção avançar com a hasta pública para a concessão do espaço, mas com a preocupação em termos de turismo”, frisou Alexandre Gaudêncio.

O responsável salvaguardou que existem vários privados “muito interessados” naquele espaço e está convicto de que “mais do que um investidor" vai levantar o caderno de encargos.

Alexandre Gaudêncio afirmou que existem na Ribeira Grande cerca de 350 camas, número que se “revela insuficiente face ao volume de pessoas que visitam e que pretendem ficar no concelho".

Segundo o autarca, a criação deste hotel vai gerar não só emprego, mas também potenciar a economia dos agentes económicos locais.

De acordo com a proposta municipal, o contrato de arrendamento será celebrado pelo período de 20 anos, podendo ser renovado automaticamente no fim do prazo, por períodos de um ano, se nenhuma das partes o denunciar.

O preço base das propostas será de mil euros por mês, devidos pelo prazo de duração do contrato, e o arrendatário obriga-se à realização das obras no imóvel no prazo máximo de 180 dias após a aprovação do projeto de arquitetura.

Uma vez terminado o prazo inicial do contrato, o arrendatário pode adquirir o imóvel por 780 mil euros, valor que consta do relatório de avaliação aprovado pela Assembleia Municipal da Ribeira Grande e que faz parte integrante do contrato.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.