Mais de 10 mil pessoas em lista de espera para cirurgia nos Açores


 

Lusa/AO Online   Regional   17 de Mar de 2016, 18:26

O PSD/Açores denunciou que mais de dez mil pessoas estão em lista de espera para cirurgia nos três hospitais do arquipélago, acusando o Governo Regional, do PS, de continuar a não resolver esta matéria.

 

Citado numa nota de imprensa, após a visita do grupo parlamentar do PSD ao hospital da Horta, na ilha do Faial, o deputado Luís Maurício afirma que “na região há 10.283 doentes inscritos para uma cirurgia”, sendo que muitos deles esperam “há anos” para serem operados, destacando que no caso do hospital de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, há pessoas que esperam “desde 2010”.

Para Luís Maurício, o número crescente de açorianos que aguardam por uma intervenção cirúrgica nos hospitais da região revela que “esta é uma questão que continua por resolver por parte do Governo Regional”.

Reportando-se a dados de 29 de fevereiro último, o deputado defende a aplicação na região do que sucede nos hospitais do continente, onde “os doentes são operados seis meses depois de estarem inscritos e não ao fim de anos de espera, como acontece nos Açores”.

Luís Maurício considerou, por outro lado, que a política de saúde do executivo socialista tem “falta de liderança”.

“Se houvesse liderança na política de Saúde da região a presidente do conselho de administração do hospital da ilha Terceira, que se demitiu, já teria sido substituída. A presidente do conselho de administração da Saudaçor [Sociedade Gestora de Recursos e Equipamentos da Saúde dos Açores], que saiu, já deveria ter sido substituída. Passam-se meses, as pessoas não são substituídas e gera-se naturalmente uma inércia na gestão das instituições”, sustentou.

O parlamentar acrescentou, a este propósito, que “o diretor técnico da Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel, que coordenava a componente médica, demitiu-se e não foi substituído”, além de que “o diretor do bloco operatório do hospital de Ponta Delgada, que está demitido, já deveria ter sido substituído”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.