Japão promete 1,5 mil milhões de dólares para fundo verde da ONU


 

AO/Lusa   Internacional   16 de Nov de 2014, 10:17

O Japão vai contribuir com 1,5 mil milhões de dólares para o fundo verde da Organização das Nações Unidas (ONU), anunciou este domingo a Casa Branca num comunicado que refere a contribuição dos EUA de três milhões de dólares.

 

O fundo destinado a lutar contra as alterações climáticas e a ajudar os países em desenvolvimento a adaptarem-se aos efeitos do aquecimento global tem como objetivo mobilizar, numa primeira fase, 10 mil milhões de dólares (cerca de oito mil milhões de euros) até ao final do ano.

A França vai contribuir com mil milhões de dólares (cerca de 800 milhões de euros), e a Alemanha com outro tanto, segundo informações divulgadas na imprensa.

“Os Estados Unidos e o Japão anunciaram contribuições totais de 4,5 mil milhões de dólares (3,6 mil milhões de euros) para o fundo verde do clima”, indica a administração norte-americana, precisando que a contribuição de Tóquio é de 1,5 mil milhões de dólares (1,2 mil milhões de euros).

O texto apela a “todos os países que o possam fazer a contribuírem para o fundo verde” e sublinha que os anúncios das contribuições dos EUA e Japão visam dar um impulso às negociações sobre o clima, com vista a um acordo global pós-2020, no qual os países assumam “compromissos ambiciosos e transparentes para reduzir as suas emissões” de gases com efeito de estufa.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, encontrou-se hoje em Brisbane, à margem da Cimeira do G20, com o Presidente norte-americano Barack Obama e com o primeiro-ministro australiano Tony Abbott.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.