Transportes aéreos

Governo não aceita alteração da tarifa de residente pela TAP

Governo não aceita alteração da tarifa de residente pela TAP

 

Olímpia Granada   Regional   25 de Mar de 2010, 11:14

O Governo Regional que desde quarta-feira de manhã está a “diligenciar no sentido de ser clarificado o entendimento [relativo à aplicação da tarifa de residente] e de ser reposta a interpretação correcta”, disse o secretário Regional da Economia em resposta ao pedido de esclarecimentos feito pelo Açoriano Oriental.
Vasco Cordeiro afirmou que “seja lá quem for que estiver a fazer essa interpretação [a de que a tarifa de residente só se aplica a voos directos], ela não faz qualquer sentido nem tem qualquer sustentação”. Isto, explica, por “parecer ignorar a realidade dos Açores, uma região arquipelágica em que nem todas as ilhas têm ligações diárias e directas ao exterior”.

O titular da Economia que garante que a SATA Internacional vai manter a tarifa de residente em todos os casos de reencaminhamento previstos [que não podem ultrapassar as 24h00], frisa ainda que “as Obrigações de Serviço Público (OSP) acautelam essa circunstância nos termos em que até aqui tem funcionado”. Por fim, Vasco Cordeiro estranha que “surja esta interpretação agora, quando as OSP já estão em vigor há bastante tempo e não houve facto nenhum que ‘leve’ à alteração.”


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.