Transportes aéreos

TAP restringe tarifa de residente a voo único

TAP restringe tarifa de residente a voo único

 

Olímpia Granada   Regional   25 de Mar de 2010, 11:00

A denúncia de que a TAP decidiu deixar de praticar a tarifa de residente a todos os passageiros açorianos que não embarquem e desembarquem na mesma ilha de e para o território nacional do continente, foi ontem feita pelo PSD.
Para os deputados regionais sociais-democratas Costa Pereira e Luís Garcia, tratar-se-á de uma decisão “unilateral” da TAP, “cumprindo instruções” do Ministério das Finanças, de alterar a tarifa de residente. Como?

Não aceitando, ao que se sabe desde a passada semana, aplicar esta tarifa aos passageiros que utilizem ligações inter-ilhas para conseguirem ‘apanhar’ voos para Lisboa ou Porto.

Perante isto, os deputados eleitos pelo Faial apresentaram um requerimento ao Parlamento açoriano e salientando que “as alterações que se pretendem introduzir implicam que as tarifas de residente só são aplicáveis de e para a ilha da residência, ou seja, não é permitido sair por uma ilha e regressar por outra”.


Leia esta noticia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Quinta-Feira, Dia 25 de Março de 2010

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.