Feridos e colapsos de edifícios após sismo de 6,2 no centro de Itália

Feridos e colapsos de edifícios após sismo de 6,2 no centro de Itália

 

Lusa/AO Online   Internacional   24 de Ago de 2016, 06:36

O sismo de magnitude 6,2 na escala de Richter que sacudiu, esta madrugada, o centro de Itália, provocou feridos e colapsos de edifícios, informaram as autoridades italianas, sem que no imediato tenha sido divulgado registo de vítimas mortais.

 

“Foi um terramoto forte, que causou feridos e alguns colapsos de edifícios”, disse o chefe da Proteção Civil, Fabrizio Curcio, à televisão pública italiana.

O terramoto, que ocorreu às 03:36 (02:36 em Lisboa), a sudeste de Norcia, cidade da província de Perugia, na região da Umbria, teve o epicentro a dez quilómetros de profundidade, de acordo com o USGS, que fez acompanhar o comunicado de um alerta vermelho, sugerindo a ocorrência de eventuais danos significativos.

Testemunhas citadas pelos ‘media’ italianos da região deram conta do desmoronamento de edifícios.

O sismo – também sentido na capital de Itália, Roma, a aproximadamente 150 quilómetros de distância – foi seguido de diversas réplicas, incluindo uma com uma magnitude de 3,9.

O governo italiano indicou, entretanto, estar em contacto com a Proteção Civil, de modo a acompanhar a evolução da situação.

 



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.