Empresário italiano instala-se na cúpula da basílica de São Pedro em protesto

Empresário italiano instala-se na cúpula da basílica de São Pedro em protesto

 

Lusa/AOonline   Internacional   3 de Out de 2012, 12:20

Um empresário de Trieste (norte de Itália) instalou-se sobre a cúpula da basílica de São Pedro para protestar contra as consequências para o seu estabelecimento balnear de uma diretiva europeia, informou o Vaticano.

“Marcello De Finizio, um empresário de Trieste gerente do estabelecimento balnear ‘La Voce della Luna’, subiu ontem (terça-feira) depois das 17:00 (16:00 em Lisboa) à cúpula (…) para protestar contra a diretiva Bolkestein”, declara o Vaticano num comunicado.

A diretiva Bolkestein determina que a Itália deve realizar concursos públicos para as concessões de praia atribuídas pelo Estado até 2015.

O empresário subiu à cúpula como turista e depois escalou a grade e instalou-se numa das janelas esculpidas que adornam o monumento com uma faixa, na qual se confessa “farto de (primeiro-ministro italiano Mário) Monti, farto da Europa, farto das multinacionais”, a quem acusa de “carnificina social”.

O Vaticano precisa não ser a primeira vez que o homem realiza uma ação como esta: a 30 de julho também escalou a cúpula para protestar contra aquela diretiva.

O homem, que passou a noite na cúpula, falou ao telefone com representantes do governo, que não conseguiram convencê-lo a descer.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.