Dia Mundial da voz assinalado hoje com rastreios em todo o país


 

Lusa/AO On Line   Nacional   16 de Abr de 2010, 07:05

O Dia Mundial da Voz é assinalado hoje com rastreios gratuitos e um encontro de doentes com patologias de voz, que afetam entre cinco a oito por cento dos portugueses, sendo Portugal o segundo país europeu com mais mortes por cancro na laringe
Segundo dados da Rede Europeia de Registos de Cancro (EUCAN, na sigla em inglês), o cancro na cabeça e pescoço, onde se inclui o cancro na laringe, é o sexto mais mortal a nível mundial. Todos os anos surgem mundialmente cerca de mil novos casos e morrem mais de 400 pessoas com a doença.

Já a Sociedade Europeia de Laringologia estima que em Portugal entre cinco a oito por cento da população sofre de algum tipo de patologia vocal e o país, de acordo com a EUCAN, chega a ser o segundo a nível europeu com mais casos mortais de cancro na laringe.

Para assinalar o dia, alguns hospitais de Lisboa abrem as portas e promovem rastreios gratuitos à população.

Em declarações à agência Lusa, o diretor do serviço de Otorrinolaringologia do Hospital Garcia da Orta (HGO) defendeu ser importante aproveitar o Dia Mundial da Voz para "sensibilizar, comemorar e preservar a voz".

Lembrou que só no que diz respeito à patologia maligna da laringe, associada sobretudo ao consumo do tabaco, aparecem 40 novos casos por ano no serviço de Otorrinolaringologia do HGO.

Nesse sentido, o hospital leva a cabo um rastreio gratuito e aberto a toda a população entre as 08:00 e as 16:00 de hoje.

Para além do rastreio, o HGO assinala a data com um espetáculo de solidariedade na Academia Almadense, organizado em conjunto com o Lions Clube Almada Tejo e em que participam diversos artistas.

No Hospital Pulido Valente (HPV), integrado no Centro Hospitalar Lisboa Norte, o rastreio gratuito da voz realiza-se entre as 08:00 e as 13:30 na consulta externa de Otorrinolaringologia II.

Por outro lado, a unidade hospitalar assinala a data com o 2.º Encontro de Doentes com Patologia da Voz, com o objetivo de reunir todos os doentes com patologias laríngeas tratados no HPV.

O programa arranca com uma missa na capela do HPV, em memória dos doentes falecidos, seguindo-se a exibição de um filme sobre o Dia Mundial da Voz, da autoria de profissionais do serviço de Otorrinolaringologia II.

À tarde realiza-se uma sessão lúdica e musical, com fados, canto lírico, variedades e uma aula de canto, guiada pelo cantor lírico Diogo Oliveira.

No Hospital de Santa Maria, o rastreio começou na segunda feira passada e prolonga-se pelo dia de hoje, entre as 08:00 e as 13:00.

O diretor do departamento de Otorrinolaringologia, Voz e Perturbações da Comunicação da unidade hospitalar disse à Lusa que, no universo de cerca de meio milhar de pessoas que habitualmente recorrem ali ao rastreio de voz, são diagnosticados em média três casos de tumor na laringe.

Para Mário Andrade, que em 2002 propôs a criação do Dia Mundial da Voz, esta data ajuda a "dar visibilidade à voz".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.