Brasileiros donos de 95% da Cimpor vão tirar empresa da bolsa

Brasileiros donos de 95% da Cimpor vão tirar empresa da bolsa

 

Lusa/Açoriano Oriental   Economia   26 de Mai de 2017, 17:52

A Intercement Austria, detida pelo grupo brasileiro Camargo Corrêa e que controla 95% do capital da Cimpor, convocou uma assembleia geral extraordinária para 21 de junho com o objetivo de retirar do mercado a cimenteira portuguesa, que adquiriu em 2012.

 

O ponto único da reunião magna é "deliberar sobre a perda da qualidade de sociedade aberta" da Cimpor, lê-se na convocatória disponível na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Os brasileiros justificam esta decisão com a "elevada concentração do capital social da Cimpor no acionista maioritário subscritor desta proposta [Intercement] e a consequente reduzida dispersão das suas ações pelo público em geral", que é apenas de 4,9%, bem como os "níveis de transação em mercado pouco significativos" e a ausência da cimenteira dos "principais índices bolsistas".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.