Antigo conselheiro de Sarkozy acusado de desviar dinheiro do Estado francês

Antigo conselheiro de Sarkozy acusado de desviar dinheiro do Estado francês

 

Lusa/AO Online   Internacional   30 de Jul de 2015, 08:19

Um ex-conselheiro do antigo Presidente francês Nicolas Sarkozy foi acusado no âmbito de uma investigação a alegada fraude na atribuição de contratos a empresas de sondagens encomendadas pelo palácio do Eliseu durante o seu mandato (2007-2012).

Patrick Buisson foi indiciado, na quarta-feira, por favorecimento, uso indevido de ativos e abuso de fundos públicos corporativos, segundo uma fonte judicial citada pela AFP.

Os juízes suspeitam que os contratos foram atribuídos sem o adequado processo de concurso público e que algumas sondagens foram encomendadas para fins partidários.

Outro homem, que continua a ser conselheiro de Sarkozy, Pierre Giacometti, esteve detido na quarta-feira, no âmbito da mesma investigação, mas não foi formalmente acusado.

A Publifact, de Buisson, e a Giacometti-Peron, de Giacometti, estavam entre as nove empresas de sondagens regularmente contratadas para realizar inquéritos para o Palácio Eliseu.

O gabinete de auditoria nacional francês criticou a Publifact em 2009 pelo acordo de 1,5 milhões de euros que disse não ter cumprido os procedimentos normais de concursos públicos.

Uma investigação a alegadas irregularidades foi ordenada pela organização anticorrupção Anticor em 2012, quando Sarkozy perdeu as eleições para François Hollande.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.