ETA

Zapatero expressa condolências pela morte de polícia francês


 

Lusa / AO online   Internacional   17 de Mar de 2010, 11:04

O primeiro-ministro espanhol expressou esta quarta-feira condolências pela morte de um polícia francês num tiroteio com três alegados membros da ETA, um dos quais foi detido, reiterando o compromisso no combate à organização separatista basca.
“Quero expressar a condolência mais sentida à família do guarda assassinado ontem. Essa condolência vai unida a uma condenação radical desta acção dos criminosos da organização terrorista ETA. E junto a ela a expressão de solidariedade e reconhecimento a França, às polícias francesas e ao Governo de França”, afirmou José Luis Rodríguez Zapatero.

Em declarações a jornalistas no parlamento, Zapatero disse que desta vez a “França pagou um alto preço por essa colaboração na luta conta a ETA”, um combate “tão importante para a liberdade e segurança” de todos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.