Vítor Silva é o novo coordenador regional do PCP nos Açores

Vítor Silva é o novo coordenador regional do PCP nos Açores

 

Lusa/Açoriano Oriental   Regional   25 de Mar de 2017, 17:14

A direção da Organização do PCP/Açores (DORAA) anunciou que Vítor Silva foi eleito como novo coordenador regional do partido nos Açores, estando de saída Aníbal Pires que se manteve 12 anos à frente do partido na Região.

 

"Esta decisão decorre, desde logo, da vontade individual do até agora coordenador, Aníbal Pires, e da deliberação da DORAA, eleita no 10º Congresso. A eleição do novo coordenador foi atempada e amplamente discutida, primeiro no seio do secretariado da DORAA, tendo, posteriormente, sido colocada à discussão da DORAA que, elegeu hoje durante a manhã o seu novo coordenador", afirmou Aníbal Pires.

O até agora coordenador regional do PCP/Açores falava numa conferência de imprensa, na sede do partido em Ponta Delgada, para fazer o "anúncio formal" do novo coordenador regional do partido nos Açores que até recentemente foi coordenador da CGTP/Açores.

Aníbal Pires, que não conseguiu a sua reeleição como deputado no parlamento açoriano nas últimas eleições regionais nos Açores, em outubro de 2016, assegura que a sua saída não se tratou de "uma decisão recente" e desvaloriza o momento escolhido para a mudança de coordenação do partido.

"Esta manifestação de vontade aconteceu há já bastante tempo, aconteceu muito antes ainda das eleições regionais de 2016 (?) Os calendários políticos são o que são e não nos podemos estar a prender a determinado tipo de datas. Quando é preciso tomar decisões tomamo-las com a consciência de quando as tomamos é sempre de acordo com os interesses do partido e para contribuir para a qualidade da nossa intervenção", destacou.

Segundo Aníbal Pires, de 60 anos, houve a necessidade de "procurar novos quadros" para dar continuidade a um trabalho assumido pelo próprio ao longo de 12 anos e garante ter sido uma decisão pacífica.

"A decisão foi pacífica, foi-se dando contributos e hoje validou-se esta decisão, não há nenhum incidente, nada que possa ser especulado à volta desta situação. Aliás há um ano atrás a comunicação social chegou a falar nesta eventualidade, nós achamos que seria melhor nesta altura para o fazer", disse.

Aníbal Pires, que regressou ao ensino no ano passado, vai manter-se como membro da DORAA e do secretariado do partido mas não afasta a possibilidade de se voltar a candidatar no futuro.

"Desde que sou militante do PCP, e já lá vão alguns anos e desde essa altura que estou à disposição do meu partido para as tarefas que o meu partido me quiser atribuir, designadamente para atos eleitorais", reconheceu.

A conferência de imprensa desta tarde contou com a presença de Vítor Silva mas Aníbal Pires remeteu para mais tarde declarações do novo coordenador regional do PCP/Açores que participa na reunião do secretariado regional do partido que está a decorrer este fim de semana em Ponta Delgada.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.