Liga ZON Sagres

Vítor Pereira quer equipa mais agressiva

Vítor Pereira quer equipa mais agressiva

 

Redação AO/LUSA   Futebol   23 de Ago de 2012, 15:35

O treinador Vítor Pereira disse hoje, na antevisão do jogo com o Vitória de Guimarães, que quer o FC Porto mais agressivo do que com o Gil Vicente e que mostre os galões de campeão nacional de futebol.

“Não podemos esperar que a equipa consiga jogar já um ritmo elevado, mas pretendo que, frente ao Vitória de Guimarães, apresente um nível mais alto e de melhor qualidade do que fez no último jogo”, defendeu, referindo-se ao jogo de sábado, no Dragão, da segunda jornada da I Liga.

Vítor Pereira, pelo que lhe foi permitido observar do empate a 0-0 do Vitória de Guimarães com o Sporting, na jornada inaugural, espera um adversário “bem organizado, a jogar com as linhas muito próximas e a sair com jogadores rápidos na frente”.

“Acredito que seja esse o jogo que vamos ter pela frente, mas também acredito na nossa qualidade para ultrapassar as dificuldades”, sustentou Vítor Pereira, que não escondeu o seu desagrado pelo empate (0-0) e exibição na ronda inaugural em Barcelos.

Da análise que foi feita ao empate dos “dragões” em Barcelos, ainda de acordo com o treinador, sobressaiu a falta de ritmo na circulação de bola e agressividade nas ações ofensivas e defensivas, mais a capacidade de jogar em espaços curtos.

“São estes comportamentos que temos que exigir à nossa equipa e para os quais trabalhámos esta semana”, referiu Vítor Pereira, reconhecendo que, em Barcelos, “não foi um jogo conseguido” e que os adeptos portistas exigem e merecem mais.

Para a receção de sábado ao Vitória de Guimarães, e mesmo sem adiantar eventuais alterações ao onze que apresentou frente ao Gil Vicente, Vitor Pereira quer, fundamentalmente, uma equipa que perceba que o FC Porto é o atual campeão nacional.

“E o mínimo que se pode exigir é que tenha um comportamento de campeão, com agressividade nas ações ofensivas e defensivas, com ritmo na circulação de bola, pois os nossos adeptos merecem”, disse.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.