Vítor Fraga assume total “responsabilidade” da derrota em Ponta Delgada

Vítor Fraga assume total “responsabilidade” da derrota em Ponta Delgada

 

Lusa/AO online   Regional   2 de Out de 2017, 00:25

O candidato do PS à Câmara de Ponta Delgada, Vítor Fraga, assumiu a "responsabilidade" da derrota socialista na maior autarquia dos Açores, que reelegeu o social-democrata José Manuel Bolieiro para um segundo mandato.


"Quero de uma forma muito clara e inequívoca assumir a responsabilidade pelo resultado eleitoral que o PS obtém no concelho de Ponta Delgada. Quem lidera processos, quem lidera equipas nos bons e nos maus momentos deve dar a cara. Quando ganhamos, ganhamos todos, quando perdemos, o líder assume. Neste caso, a derrota é assumida única e exclusivamente por mim", afirmou Vítor Fraga num discurso feito esta noite na sede de campanha, em Ponta Delgada.

Vítor Fraga salientou ainda "algumas vitórias" nestas eleições autárquicas, referindo-se à conquista de um maior número de juntas de freguesia "deste o tempo do saudoso Mário Machado", presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada eleito em 1989 e que cumpriu apenas um único mandado pelo PS.

"O PS passa a ter a maioria das juntas de freguesia no concelho de Ponta Delgada, temos 14 presidentes de junta de freguesia no nosso concelho o que demonstra bem a proximidade que desenvolvemos ao longo destes meses com a população do concelho de Ponta Delgada", lembrou Fraga.

O candidato socialista garantiu ainda que, "com toda a humildade", os candidatos pelo PS à Câmara Municipal de Ponta Delgada vão "desempenhar as funções" para as quais foram "escolhidos pelos eleitores de Ponta Delgada" porque, segundo o candidato, "o mundo não acaba hoje e temos muito para fazer em prol do concelho de Ponta Delgada".

"Aqueles que votaram em nós, teremos aqui todo o trabalho que entendemos ser necessário fazer por Ponta Delgada a desempenhar em próximos tempos para honrar o compromisso e a confiança que depositaram em todos nós. Nós somos pessoas de palavra e os compromissos que assumimos, vamos assumir até ao último dia de mandato", disse Vítor Fraga.

O candidato falava antes de a Secretaria-Geral (SE) do Ministério da Administração Interna - Administração Eleitoral ter apurado os dados finais.

Pelas 01:20, a SE tinha 46,12% votantes apurados. A essa hora, 50,43% dos votos eram PSD e 40,15% do PS.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.