Vítor Constâncio chama principais accionistas do BCP ao Banco de Portugal

Vítor Constâncio chama principais accionistas do BCP ao Banco de Portugal

 

Lusa/AO   Economia   21 de Dez de 2007, 07:26

O governador do Banco de Portugal, Vítor Constâncio, chamou os principais accionistas do BCP para estarem presentes hoje numa reunião a realizar na instituição que dirige, noticia o jornal Público.

O presidente da EDP, António Mexia, o empresário Joe Berardo, Manuel Fino e Moniz da Maia são alguns dos accionistas do BCP que foram chamados ao Banco de Portugal, escreve o Público.

    A reunião - que irá decorrer hoje à tarde no Banco de Portugal - foi pedida no âmbito das averiguações que o Banco de Portugal e a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) estão a levar a cabo.

    Em causa estão denúncias - feitas por Joe Berardo - de eventual manipulação de mercado, favorecimento a accionistas e recurso a sociedades sedeadas em off-shores.

    De acordo com o Público, o encontro vai servir para o supervisor dar explicações sobre o andamento das averiguações.

    A intervenção de Vítor Constâncio surge depois de o ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, ter dado indicações ao governador do Banco de Portugal de que queria que o processo fosse investigado até às últimas consequências.

    A Procuradoria-Geral da República confirmou quinta-feira que remeteu ao Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) a documentação que recebeu de Joe Berardo.

    Joe Berardo revelou, à saída de uma audiência com Pinto Monteiro, que denunciou operações relacionadas pelo BCP envolvendo “tanto pessoas individuais” como sociedades sedeadas em paraísos fiscais”.

    O investidor disse também que “os documentos que foram entregues [na PGR] são os mesmos que entregou anteriormente à CMVM e ao Banco de Portugal.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.