Um morto e dois feridos em ataque suicida perto de consulado dos EUA na Arábia Saudita


 

Lusa/AO Online   Internacional   4 de Jul de 2016, 07:50

A explosão hoje em frente ao consulado norte-americano na cidade de Jeddah, na Arábia Saudita, foi um ataque suicida que resultou na morte do alegado autor, segundo diversos meios de comunicação social do país.

Dois membros das forças de segurança que faziam a guarda no consulado ficaram feridos e o alegado atacante morreu, segundo as mesmas informações.

O Notícias Árabes, citado pela agência Efe, refere que as forças de segurança do consulado norte-americano conseguiram impedir o ataque, nas primeiras horas da madrugada de hoje, dia em que os Estados Unidos celebram a independência.

Imagens divulgadas por alguns meios de comunicação mostram o corpo do alegado atacante no chão, ao lado de um automóvel com a porta aberta numa rua de Yida, cidade na costa do Mar Vermelho, perto de Meca.

O consulado de Jeddah foi alvo de um ataque de radicais islamitas em 2004, que resultou na morte de nove pessoas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.