UE vai entregar 7,2 mil milhões de euros para países em desenvolvimento


 

Lusa/AO Online   Internacional   11 de Jun de 2010, 12:11

A comissária europeia para a Ação Climática disse hoje que a UE vai cumprir a sua promessa de entregar 7,2 mil milhões de euros entre 2010 e 2012 aos países em desenvolvimento para o combate às alterações climáticas.

"Nós vamos entregar o montante prometido", disse Connie Hedegaard à chegada ao Conselho de Ministros do Ambiente, que se realiza hoje no Luxemburgo.

Segundo a comissária, a UE deixou bem claro na conferência da ONU sobre as alterações climáticas, que termina hoje em Bona (Alemanha), que os europeus vão manter as suas promessas e prestarão ajuda às nações em desenvolvimento.

"Temos 7,2 mil milhões de euros para um período de três anos, agora a principal tarefa é para os Estados membros", explicou a comissária.

Bruxelas aponta que os países têm de se assegurar em não só obter o montante disponível, mas também "implementar o projeto".

"Esse é o próximo grande esforço que temos que fazer", disse Connie Hedegaard.

Segundo a comissária, as alterações climáticas continuam a ser "uma prioridade importante."


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.