Violência Doméstica

UE garante "forte compromisso" no combate à violência doméstica

UE garante "forte compromisso" no combate à violência doméstica

 

Lusa/AO online   Nacional   25 de Nov de 2011, 10:28

A Comissão Europeia reiterou o "forte compromisso" no combate à violência doméstica, assegurando que continuará a trabalhar com os países parceiros e as diferentes organizações para "fazer mais" neste campo.
"A União Europeia continuará a trabalhar com os países parceiros e organizações nos seus esforços para combater todas as formas de violência contra mulheres e meninas. (...) Podemos e vamos fazer mais", realçou hoje – no dia internacional para a eliminação da violência contra as mulheres – o executivo comunitário.

Em nota de imprensa, a Comissão Europeia, liderada por Durão Barroso, lembra que "já reforçou a sua legislação para combater o tráfico" de pessoas e "continuará a dar uma resposta forte e inequívoca" às violações fundamentais dos direitos humanos das mulheres", como as exploradas para fins de comércio sexual.

"Todos os anos, milhões de mulheres e meninas são vítimas de tráfico humano. Elas acabam por ser exploradas na indústria do sexo e forçadas a servidão doméstica, mãe de aluguer ou casamento forçado", nota o executivo, que admite que esta forma de escravidão já afectou "centenas de milhares de mulheres" na UE.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.