Turista perdido na Madeira "está debilitado mas aparentemente não inspira cuidados maiores"


 

Lusa/AO online   Nacional   23 de Dez de 2012, 16:54

A equipa de resgate ao turista alemão "já está junto dele e ele está um pouco debilitado por estar há três dias e duas noites na serra mas aparentemente não inspira grandes cuidados", revelou Luís Neri.

 

Em declarações à Agência Lusa, o presidente do Serviço Regional de Proteção Civil (SRPC), coronel Luís Neri, adiantou que o turista de nacionalidade alemã, de 63 anos, será encaminhado para o Centro de Saúde a fim de ser examinado mas está "debilitado devido ao cansaço".

O turista, desaparecido desde sexta-feira, foi avistado pelo helicóptero PUMA da Força Aérea Portuguesa, na Ribeira da Ameixoeira, na Serra de Água, quando este acenou para a aeronave.

Meios da Força Aérea, da Guarda Nacional Republicana (GNR), da Polícia Florestal e dos Bombeiros Voluntários da Ribeira Brava (BVRB) coordenados pelo SRPC estiveram envolvidos na busca ao turista.

O turista estava dado como desaparecido desde sexta-feira no percurso da levada na levada entre a Boca da Corrida (Jardim da Serra) e a Encumeada numa distância de 12,5 quilómetros.

O visitante terá decidido fazer sozinho o percurso recomendado e de dificuldade média.

No sábado, contactou um guia transmitindo-lhe que estava perdido nas serras envolventes ao percurso.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.