Turismo dos portugueses cai 3,5% no 1º trimestre por causa da Páscoa

Turismo dos portugueses cai 3,5% no 1º trimestre por causa da Páscoa

 

Lusa/AO online   Economia   4 de Ago de 2014, 14:08

As viagens turísticas dos residentes em Portugal caíram 3,5% no primeiro trimestre, face ao mesmo período de 2013, em parte porque a Páscoa no ano passado ocorreu no primeiro trimestre e este ano no segundo, segundo o INE

Março foi o mês com maior proporção de turistas, com 7,9% dos residentes a viajar, menos 1,7 pontos percentuais (pp) face ao mesmo mês do ano passado, uma queda que o Instituto Nacional de Estatística (INE) atribui “em parte” à alteração do calendário pascal que este ano ocorreu em abril, quendo em 2013 foi em março.

Janeiro e fevereiro de 2014 registaram ligeiros acréscimos, de 0,2 pp e 0,3 pp, respetivamente, no peso dos turistas face à população residente.

Tal como no ano passado, no primeiro trimestre de 2014, a “visita a familiares ou amigos” foi o motivo de mais de metade (58,6%) das 3,56 milhões de viagens realizadas por residentes nesse período.

O número de deslocações motivadas por “lazer, recreio e férias” diminuiu 17,8%, enquanto se verificaram aumentos de 8,3% nas viagens “profissionais e de negócios” e 2,4% nas deslocações para “visita a familiares ou amigos”.

As deslocações por “lazer, recreio e férias” somaram 915,6 mil deslocações (25,7% do total) e as “profissionais e de negócios” 393,6 mil (11,1%).

As deslocações destinadas ao estrangeiro caíram 8%, ao contrário do trimestre anterior quando aumentaram 0,3%.

As deslocações em automóvel concentraram 82% do total de viagens e registaram um aumento de 0,6 (pp) no seu peso, a par de uma redução da importância relativa das viagens por avião que caíram 0,8 pp.

O “alojamento particular gratuito” predominou como meio de alojamento, tendo sido a opção escolhida em 76% das dormidas das viagens turísticas dos residentes, tal como aconteceu no mesmo período do ano passado (78,9%).

No primeiro trimestre deste ano, 51,2% dos turistas eram do sexo feminino (52,3% no 1º trimestre 2013) e os escalões etários com idades compreendidas entre 25-44 anos e 45-64 anos concentraram 33,4% e 28,2% dos indivíduos residentes que viajaram.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.