Trump diz que a sua administração "é uma máquina afinada à perfeição"

Internacional /
Donald Trump

667 visualizações   

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que a sua administração funciona como uma "máquina afinada à perfeição", rejeitando assim notícias que a descrevem como um "caos" e citam fontes republicanas que falam em fricções internas.
 

 

Numa conferência de imprensa na Casa Branca, Trump procurou afastar a ideia de que o seu Governo - em funções há apenas quatro semanas e envolvido em múltiplas polémicas - funciona mal, com fricções na equipa, e tem feito pouco.

A imprensa norte-americana, especialmente o New York Times e a CNN, têm avançado notícias que dão conta de uma luta pelo poder entre a equipa de Trump, bem como faltas de comunicação entre os seus conselheiros e assessores.

"A minha equipa funciona como uma máquina afinada à perfeição", afirmou Trump em frente aos jornalistas, reiterando os ataques contra a imprensa, voltando a referir que se trata de "imprensa desonesta" que veicula "notícias falsas".

Trump disse que os 'media' norte-americanos servem grupos de "interesse especiais" e pessoas que lucram com "um sistema que obviamente está muito, muito errado".

"A imprensa tornou-se tão desonesta que se não falarmos disso, estaremos a prestar um tremendo mau serviço ao povo americano", frisou.

Trump afirmou ainda que a única coisa que está a fazer é cumprir as suas "promessas de campanha", no sentido de "devolver o Governo ao povo", mas ressalvou que herdou uma "confusão" na Casa Branca.

"Para ser honesto, eu herdei uma confusão. É uma confusão. Internamente e no exterior. Uma confusão", disse Trump.