Torre da Universidade de Coimbra em obras de conservação e restauro


 

Lusa / AO online   Nacional   4 de Fev de 2010, 14:23

A Torre da Universidade de Coimbra, "a mais velha das torres horárias escolares europeias", entrou esta quinta-feira em obras de conservação e restauro, que visam dotar este Monumento Nacional de condições para reabrir ao público em segurança.
Construída entre 1728 e 1733, segundo o plano do arquitecto italiano Antonio Canevari e sob orientação do mestre-de-obras da Universidade, Gaspar Ferreira, a Torre da Universidade de Coimbra é hoje um dos símbolos mais adoptados na representação da instituição e da própria cidade.

"Trata-se de um dispositivo arquitectónico de extrema raridade em edifícios universitários, que resultou da necessidade de organizar a vida escolar num edifício nascido com outra vocação: o Paço Real de Alcáçova", segundo uma nota hoje divulgada pela Universidade de Coimbra.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.