Ucrânia

Timochenko acusa vencedor de presidenciais de fazer promessas "falsas"


 

Lusa / AO online   Internacional   11 de Fev de 2010, 10:36

A primeira-ministra ucraniana Iulia Timochenko quebrou esta quinta-feira o silêncio, três dias após a sua derrota nas presidenciais de domingo, para acusar o vencedor, Victor Ianukovitch, de fazer promessas "falsas".
“Depois das eleições as mentiras começam a surgir”, acusou a derrotada, em declarações transmitidas pela televisão.

Timochenko comentava a votação, no Parlamento, de um projecto-lei sobre o aumento de “normas sociais” que não contou com o apoio do partido de Ianukovitch apesar de o político ter prometido, durante a campanha eleitoral, que tudo faria para aumentar o nível de vida dos ucranianos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.