Tigre fugido do zoológico de Tbilisi matou uma pessoa

Tigre fugido do zoológico de Tbilisi matou uma pessoa

 

Lusa/AO online   Internacional   17 de Jun de 2015, 15:55

Um tigre albino fugido do jardim zoológico de Tbilisi, capital da Geórgia, matou esta quarta-feira uma pessoa e feriu outra, antes de ser abatido pela polícia, anunciou o Ministério do Interior.

 

O animal, que fugiu do zoológico na madrugada de domingo após as inundações que ocorreram em Tbilisi atacou quatro trabalhadores de uma piscina nas imediações do jardim zoológico, que se encontrava fora de serviço, e refugiou-se aí-.

O trabalhador falecido sofreu uma dentada na garganta enquanto o outro foi mordido num braço, informou o Ministério do Interior.

Os representantes do zoológico asseguraram na passada segunda-feira que todas os animais selvagens que se escaparam do recinto já tinham sido recuperados ou abatidos pelas forças de segurança.

O ministro do Interior, Vatjang Gomelauri, acorreu ao local dos acontecimentos e minutos depois ouviram-se disparos, segundo a agência espanhola Efe.

O ataque do tigre ocorreu junto de uma zona residencial e causou o pânico na vizinhança.

As inundações, que causaram 17 mortos, de acordo com os últimos dados providenciados pelas autoridades, arrasaram o zoológico de Tbilisi e deixaram em liberdade dezenas de feras, entre as quais ursos, leões, tigres e crocodilos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.